PARA OS QUE CREEM EM ALMAS GÊMEAS...

E se Deus nos cria em pares...há parte de mim perdida, disforme, faltando uma asa...tão incompleta quanto eu.
E se Deus nos cria em pares...são esperanças em dobro, vontade em dobro, fé em dobro...intuição em dobro.
E tudo isso em sintonia...
E se assim é, aquietarei minhas angústias e esperarei.
Sem desanimar dessa crença, sempre alerta, com o coração pronto a reconhecer a face que me falta, e que me busca também...
Que ouve meu chamado...como lhe escuto o seu.
Sem precipitações. Com o espírito ouço...não com a ansiedade.
E se prepara, se melhora, se lapida para mim, e eu para ela...e um dia seremos um só.
Se Deus nos cria em pares, já não me sinto tão sozinho.
Essa certeza me acompanha.
E também a você, parte minha...
Nos consolando até o encontro.
Sagrado e eterno, escrito desde sempre.

Gi Stadnicki. 



Escrito por Isabel às 11h41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 

Toda a manhã
fui a flor
impaciente
por abrir.

Toda a manhã
fui ardor
do sol
no teu telhado.

Toda a manhã
fui ave
inquieta
no teu jardim.

Toda a manhã
fui ave ou sol ou flor
secretamente
ao pé de ti.


Eugénio de Andrade

Para o amor, um banco de praça já basta.
Ou ficar na frente de um portão.
Ou uma xícara de café.
Amor mesmo é um filme de baixo orçamento.

Fabrício Carpinejar

Meu Arquivo




Minhas visitas


Usuários online usuários online



eXTReMe Tracker




Contador de Visitas

<BGSOUND SRC="http://www.terraemarmusicas.com.br/sound/marisa_monte_-_depois.mid" LOOP=TRUE">


o que toca...

Depois

Marisa Monte

 

Imagens e Templates

LaLi

Outros sites

 Nosso Sonho - Midis
 Tinta Sangue


Ai as almas dos poetas
Não as entende ninguém;
São almas de violetas
Que são poetas também.’

Florbela Espanca

“O poeta é como o príncipe das nuvens. As suas asas de gigante não o deixam caminhar’

Charles Baudelaire

“O poema não é feito dessas letras que eu espeto como pregos, mas do branco que fica no papel’

Paul Claudel

“À pergunta habitual: ‘Por que é que escreve?’. A resposta do poeta será sempre a mais curta: ‘Para viver melhor’”

Saint-Jonh Perse

“O poeta faz-se vendo através de um longo, imenso e sensato desregramento de todos os sentidos”

Arthur Rimbaud

“A poesia não voltará a ritmar a acção; ela passará a antecipar-se-lhe”

Arthur Rimbaud

“A solidão da poesia e do sonho tira-nos da nossa desoladora solidão”

Albert Béguin

“Deus, que nos fizeste mortais, porque é que nos deste a sede de eternidade de que é feito o poeta?”

Luis Cernuda

“Todas as coisas têm o seu mistério, e a poesia é o mistério de todas as coisas”

Federico Lorca

“E nunca o tormento acha um céu e nunca o desejo acha uma terra. É por isso que a poesia existe”

Birger Sjoberg

“A poesia não é nem pode ser lógica. A raiz da poesia assenta precisamente no absurdo”

José Hidalgo

“Fazer poesia é confessar-se”

Friedrich Klopstock

“Um poema é um mistério cuja chave deve ser procurada pelo leitor”

Stéphane Mallarmé

“A poesia é ao mesmo tempo um esconderijo e um altifalante”

Nadine Gordimer

“A poesia numa obra é o que faz aparecer o invisível”

Nathalie Sarraute

“Para mim, o importante em poesia é a qualidade da eternidade que um poema poderá deixar em quem o lê sem a ideia de tempo”

Juan Ramón Jiménez

“A poesia é o transbordamento espontâneo de sentimentos intensos: tem a sua origem na emoção recordada num estado de tranquilidade”

William Wordsworth

“A poesia é um nexo entre dois mistérios: o do poeta e o do leitor”

Dámaso Alonso

Eis que temos aqui a Poesia,
a grande Poesia.
Que não oferece signos
nem linguagem específica, não respeita
sequer os limites do idioma. Ela flui, como um rio.
como o sangue nas artérias,
tão espontânea que nem se sabe como foi escrita.
E ao mesmo tempo tão elaborada -
feito uma flor na sua perfeição minuciosa,
um cristal que se arranca da terra
já dentro da geometria impecável
da sua lapidação.’

Rachel de Queiroz